fbpx

Anúncio Marketing Digital: aprenda a criar em 7 minutos

Sumário

Se você deseja crescer e implementar uma estratégia de anúncios de marketing digital eficaz, deve saber que existem diferentes tipos de publicidade.

Conhecer os principais canais de publicidade paga, como funcionam e o potencial de alcance de cada ferramenta irá ajudá-lo a desenvolver uma estratégia que traga retorno real para os seus investimentos.

Uma estratégia de publicidade digital paga não serve apenas para colocar seus anúncios nas primeiras páginas dos mecanismos de pesquisa, mas também, permite anunciar nas redes sociais e em muitos sites, plataformas e mídias (até mesmo podcasts).

Por isso criei esse conteúdo, para orientá-lo em relação a todas as formas possíveis de anunciar na internet e começar a gerar visibilidade para o seu negócio. Acompanhe.

Como funciona os anúncios no Marketing Digital

Versão 4.00 da NF-e, sua empresa deve estar preparada! - Blog FreeNFe

Os anúncios de publicidade no marketing digital é um método em que as empresas pagam para promover suas ofertas, em diferentes modelos de exibição.

Com essa abordagem, você pode essencialmente comprar atenção, em vez de ganhá-la organicamente.

Existem duas maneiras principais pelas quais as plataformas cobram pela veiculação de seus anúncios.

Uma é para visibilidade ou – no mundo da publicidade digital –  impressões. Nesse modelo você paga pela exibição dos seus anúncios para um público qualificado para a sua oferta. O fato de alguém fazer ou não algo com base em seu anúncio não influencia na estrutura de custos. Além disso, o tamanho do público que você deseja alcançar é o que influencia nos preços. Quanto maior, mais você paga.

A outra forma de pagamento é baseada na ação – um usuário clica em seu anúncio e você é cobrado “o custo por clique” ou o preço determinado pelo editor com os outros licitantes em mente. Daí o termo Pay-Per-Click (PPC) ou Cost-Per-Click (CPC).

  • Impressões significam que você paga pela visibilidade.
  • Pay-Per-Click  significa que você paga pelo engajamento.

As plataformas digitais têm todos os tipos de maneiras de dividir o público com base em fatores como:

  • Informações demográficas (idade, renda, geografia, tamanho da família, etc.)
  • Informações psicográficas (definidas como coisas como valores, afinidades e motivações)
  • Assinaturas
  • Histórico de compras
  • Comportamento online
  • etc

É uma longa lista que está crescendo à medida que todos nós gastamos mais tempo em dispositivos e plataformas online, interagindo, envolvendo, comprando e compartilhando. À medida que a lista cresce, as possibilidades de alcançar o público certo para a sua mensagem aumentam – e também aumenta o trabalho necessário para acertar.

Plataformas diferentes têm parâmetros diferentes, portanto, ter personalidades de marketing fortes pode ajudá-lo a gastar menos tempo e dinheiro em tentativa e erro, e ir direto para a geração de cliques e obtenção de leads qualificados.

Quais os benefícios de fazer anúncios no Marketing Digital?

Benefícios | Servidores de Itaquaquecetuba
  • Tráfego instantâneo. Se você tem um site instalado e funcionando, pode criar uma conta em uma plataforma de publicidade (como o Google Ads) e, em seguida, configurar e exibir seus anúncios e alcançar um novo público. É tão fácil quanto isso.
  • ROI forte. Você pode escolher onde e quando seus anúncios serão exibidos com base em palavras-chave, parâmetros de público-alvo, comportamento online e muito mais. Essa flexibilidade feita da maneira certa ajuda você a colocar as pessoas certas em seu site e consequentemente melhorar o ROI. Se você optar pelo PPC em vez das impressões, a impressão não será cobrada, a menos que haja um clique.
  • Teste a lucratividade de diferentes palavras-chave ou segmentação por público-alvo. Observe suas impressões, o número médio de cliques, o custo por lead e a qualidade desse lead para o desempenho geral do anúncio. Com base em sua análise, você pode alterar suas palavras-chave ou segmentação de público para gerar leads mais qualificados e reduzir custos.
  • Limite seu orçamento diário. Com os modelos PPC, você pode decidir quanto deseja gastar por clique ou por dia.
  • Aumente o conhecimento da marca. Contanto que você esteja dentro do orçamento, seus anúncios serão exibidos quando as pessoas pesquisarem suas palavras-chave com PPC, estabelecendo você em seu setor. Você nem mesmo paga por essas impressões – você só paga pelo clique!
  • Impulsione as campanhas. Precisa alcançar novos públicos? Amplificar a presença de sua marca em um mercado competitivo? Aparece acima de um concorrente específico? A publicidade paga é a maneira mais rápida de amplificar sua presença digital e chegar ao público certo.
  • Utilize retargeting. Os sites podem mostrar anúncios direcionados a usuários que já visitaram sua página. Os visitantes anteriores estão familiarizados com sua marca e, enquanto navegam na web, você pode lembrá-los de voltar e converter.
  • Faça um teste dividido em várias mensagens e ofertas. Com o teste A/B, você pode testar constantemente as mensagens e imagens de anúncios. Teste dois anúncios um contra o outro e analise seus resultados – qual abordagem teve mais sucesso? Repita e repita para perguntar e responder constantemente o que funciona com seu público.

Chegamos no ponto alto: Conheça os principais tipos de anúncio no Marketing Digital

Existem muitos tipos diferentes de publicidade paga que você pode explorar para geração de leads ou reconhecimento da marca. 

Listamos algumas das categorias mais comuns que geram resultados regularmente e fornecemos um pouco de contexto introdutório sobre como navegar em cada uma delas:

  1. Publicidade em mecanismos de pesquisa

Ao digitar uma consulta para o Google, você pode obter alguns tipos diferentes de resultados:

Anúncios do Google Ads (PPC)

Se você licitar por meio do Google, seu anúncio poderá aparecer na lista de links acima dos resultados orgânicos, conhecida como anúncios de pesquisa paga. 

Enquanto as estratégias digitais mais eficazes dependem tanto do PPC quanto do SEO forte, a publicidade de busca paga é uma maneira eficiente de contornar a concorrência e o trabalho tedioso e de longo prazo de chegar ao topo classificando-se organicamente. 

Com o PPC, as empresas podem direcionar o tráfego para um site ou uma página de destino eficaz e direcionada – imediatamente. (Isso faz parte da publicidade paga.)

Resultados da pesquisa orgânica

Esta é a seção principal dos resultados da pesquisa. Esses resultados orgânicos são classificados de acordo com a qualidade e o conteúdo da página da web. Para classificar nesta seção, sua página de destino precisa ser relevante para o usuário e ter uma alta taxa de cliques. Isso é comumente chamado de otimização de mecanismo de pesquisa (SEO). 

Uma boa classificação nos resultados de pesquisa orgânica tornou-se mais difícil com o tempo, pois quase todas as empresas têm um site e estão lutando por tráfego, e os fatores de classificação mudam constantemente. Com o tempo e a persistência, você pode obter classificações à frente de seus concorrentes nos resultados da pesquisa orgânica. (Isso não faz parte da publicidade paga.)

Os anúncios de pesquisa pagos são simples. Digamos que você seja um site de comércio eletrônico e faça um grande pedido de casacos quentes antes de uma tempestade de inverno e queira anunciar seus produtos no Google.

Quando alguém pesquisar uma palavra-chave para a qual você definiu o lance, como “casaco de inverno peludo”, o termo de pesquisa acionará seu anúncio de texto. Seu anúncio será exibido na seção patrocinada da página de resultados de pesquisa.

Essa é uma maneira econômica de obter visibilidade rapidamente. E, se o usuário clicar em seu anúncio atraente, visitar seu site e fizer uma compra, então você está no caminho certo para acertar toda essa coisa de PPC!

Você também pode segmentar os usuários de pesquisa com base em sua localização geográfica com anúncios da rede de pesquisa, para que eles sejam exibidos apenas para pessoas em sua área local. É uma ótima maneira de competir em seu setor e atingir o público local e as pessoas que já estão procurando por você!

EM RESUMO: No Google, o Search Engine Marketing (ou SEM) tem como alvo os usuários com base no que eles pesquisam. Os anúncios aparecem na parte superior de uma SERP (página de resultados do mecanismo de pesquisa), acima dos resultados orgânicos e trechos em destaque.

Se você vencer a guerra de lances e desempenho, seu anúncio pode aparecer no alto da página e você paga por clique (PPC) para cada usuário que clicar em seu anúncio para sua página de destino.

  1. Anúncios em mídia social

A maioria das plataformas de mídia social agora tem plataformas de publicidade proprietárias. Normalmente veiculamos anúncios pay-per-click no Facebook e Instagram, YouTube, LinkedIn e às vezes até no Twitter.

A mídia social pay-per-click difere dos anúncios da rede de pesquisa porque, em vez de segmentar usuários com base em termos de pesquisa, você segmenta usuários com base em interesses. As plataformas de mídia social, especialmente Facebook e Instagram, possuem ferramentas de segmentação de audiência altamente selecionadas com base em dados de usuários.

Semelhante à publicidade de pesquisa, o custo por clique da publicidade em mídia social depende de sua concorrência e objetivos (como se você estiver otimizando para cliques ou exposição).

O Instagram e o Facebook usam uma estratégia de custo por ação (pagamento por clique). Com o pagamento por impressão, as empresas pagam pela exposição e, com o pagamento por clique, as empresas pagam pela ação.

O Facebook é dono do Instagram e você pode anunciar em ambos com a mesma configuração. O LinkedIn tem se tornado cada vez mais um canal B2B interessante para anunciar, mas normalmente é um investimento mais caro.

A publicidade no Twitter inclui tweets promovidos, contas promovidas e tendências promovidas. O custo dos tweets promovidos pode variar de menos de um dólar a alguns dólares por ação. As contas promovidas custam alguns dólares para cada sequência. As tendências promovidas podem custar até centenas de milhares de dólares por dia.

Canais B2B

Normalmente, utilizaremos o Facebook, Instagram e LinkedIn para um mix de publicidade paga de mídia social B2B.

Canais B2C

Normalmente, utilizaremos o Facebook, Instagram, LinkedIn e consideraremos o Twitter como um canal de publicidade paga em um mix de marketing social B2C pago. O SnapChat também oferece oportunidades pagas para os profissionais de marketing B2C considerarem.

EM RESUMO:  Dependendo da plataforma de mídia social em que deseja anunciar, você pode escolher um PPC ou um modelo baseado em impressões. Em vez de segmentar com base em termos de pesquisa ou ‘intenção de pesquisa’, você pode segmentar com base em interesses e dados demográficos.

  1. Publicidade Display

A publicidade gráfica é uma forma de aumentar o reconhecimento da sua marca on-line e é direcionada com base na atividade do usuário. Os anúncios gráficos (geralmente anúncios em banner) são exibidos ao seu público-alvo quando eles estão navegando na Internet. Os anúncios gráficos geralmente são pagos por clique.

Pense no tempo que você passa online. Está sempre focado, em busca do item que deseja adquirir? As vezes. Mas também é gasto em compras online e na procura de seu próximo local de férias.

É por isso que os anúncios gráficos são importantes – para que você possa manter sua marca na mente das pessoas quando elas estiverem online.

Onde você pode colocar anúncios gráficos?

Os anúncios gráficos são oferecidos por muitos sites, sites de notícias e editores (pense em meios de comunicação locais e nacionais) e agregadores terceirizados que decifraram a Internet e colocarão seu anúncio em diferentes locais on-line para você com base em parâmetros de público ou segmentação.

É assim que muitos sites e blogs baseados em notícias criam sua receita.

Embora você possa anunciar com sucesso em canais sociais com um pequeno orçamento, as barreiras para entrar na publicidade gráfica paga geralmente são maiores e exigem um investimento inicial significativo antes que você possa testar ou ver qualquer ROI.

Por outro lado, esses veículos e blogs online normalmente têm públicos comprovados e definidos que lhes dão atenção consistente.

Se o seu orçamento for maior e você souber que o seu público lê um determinado tipo de publicação focada, pode valer a pena navegar no kit de mídia online e alocar parte dos gastos pagos em anúncios gráficos.

  1. Retargeting e remarketing

No mundo da publicidade digital, “Retargeting” é uma tática chave que é quase unânime no mix de marketing de estratégias pagas eficazes.

O que é Retargeting?

Lembra-se de ter visitado o site de games uma vez e agora, em todos os lugares que você olha e navega, vê aquela cadeira de gamer que você não comprou seguindo você?

O redirecionamento envolve a coleta de cookies no navegador de um usuário quando ele visita seu site e, em seguida, o uso desses cookies para segui-lo pela internet com anúncios visuais.

Você também pode implementar o redirecionamento para uma lista maior de e-mails que possui (e ter a permissão de uso de cada e-mail).

É um dos tópicos mais controversos quando se trata de privacidade na Internet atualmente, e mais e mais sites estão oferecendo opções para coletar cookies quando os usuários chegam, em vez de apenas fazê-lo.

A retargeting tem uma das barreiras de custo mais baixas de todas as táticas de publicidade paga e, normalmente, um dos maiores ROIs.

A lógica é simples – eles já mostraram algum interesse no seu site, e agora você está apenas os lembrando de que está aqui, pronto quando eles estiverem.

Ok, qual é a diferença entre “Retargeting” e “Remarketing”?

Usados ​​de forma quase criminosa como sinônimos, esses dois termos significam basicamente a mesma coisa. Se você deseja ser realmente técnico, a retargeting é definida como a tática paga de seguir os usuários que visitaram seu site com anúncios.

No entanto, os profissionais de marketing usam as duas palavras de forma bastante intercambiável.

EM RESUMO: Para simplificar, digamos que retargeting e remarketing significam a mesma coisa – que é coletar cookies quando os usuários visitam seu site e segui-los com anúncios que você pode personalizar com base na página (ou páginas) que eles visitaram. Você pode fazer isso via Google, Facebook e Instagram, ou por meio de várias plataformas de anúncios de terceiros.

É barato, é eficaz e é um ponto-chave de discórdia na conversa sobre privacidade e marketing baseado em permissão.

Como os canais digitais pagos funcionam juntos?

As campanhas de marketing mais bem-sucedidas aproveitam muitas combinações de plataformas de publicidade digital paga para aproveitar ao máximo o seu investimento em publicidade.

As escolhas do canal devem ser orientadas pelas preferências do público. Aquele cliente que estava procurando um novo casaco fofo? Ele ou ela pode clicar no seu anúncio, mas não pode fazer uma compra imediatamente.

É aí que a publicidade em outros canais e táticas pagas, como retargeting, podem ajudá-lo a levar seu mix de marketing a outro nível.

Para ter uma estratégia de publicidade paga forte, você precisa ter um bom conhecimento de seu público-alvo.

  • Onde eles “vivem” online?
  • Com o que eles se importam?
  • O que procuram, que tipo de linguagem utilizam e o que compram?

Entender seu mercado-alvo é a chave para o sucesso de suas campanhas.

Agora, vamos falar sobre como colocar tudo isso em ação.

O que é necessário para fazer sucesso com anúncios no marketing digital?

  • Certifique-se de que suas páginas de destino estejam prontas para um aumento no tráfego. Para obter ROI suficiente de sua campanha de PPC, você precisa se certificar de que os visitantes serão direcionados para uma página onde preencherão um formulário, farão um pedido ou realizarão alguma outra ação relacionada à sua sequência de marketing de entrada .
  • Crie metas SMART. Como você saberá se sua campanha PPC foi bem-sucedida? Se você está procurando um aumento no conhecimento da marca, pode realmente medir isso? Defina suas metas SMART (específicas, mensuráveis, alcançáveis, relevantes e oportunas) para atingir seus objetivos de maneira clara.
  • Defina seu orçamento. Quanto do seu orçamento você alocará para a estratégia de anúncios pagos? Determine o seu CPA – quanto você pagará para levar um cliente potencial ao seu site?
  • Seja encontrado pelas pessoas certas. Quais palavras-chave seus clientes usariam em suas pesquisas? Faça sua pesquisa sobre o tipo de linguagem que suas personas usam para aumentar seu tráfego qualificado.
  • Projete seus anúncios. Você conhece seu cliente-alvo melhor do que ninguém. Crie um anúncio que eles não possam rolar. Pense também em seus anúncios de remarketing – se seus serviços forem apresentados (novamente) a um visitante anterior do site, como você poderá trazê-los de volta ao site?
  • Escolha uma plataforma de publicidade em mecanismo de pesquisa. Google AdWords? Yahoo / Bing? O Facebook? O que faz mais sentido para você ?
  • Observe o tráfego aumentar. Você verá o sucesso imediatamente. Ou talvez você precise ajustar seu público ou criativo do anúncio – ou até mesmo reconsiderar sua oferta – antes de encontrar algo que funcione.
  • Revise, refine e colha resultados. Os dados de uma estratégia de PPC são fáceis de acessar e analisar, para que você possa otimizar rapidamente. Você pode testar rapidamente para ter certeza de que está usando seu orçamento de PPC ao máximo.

Quer saber mais como funciona o Google Ads?

Pablo Cabral

Pablo Cabral

Eu fui coordenador de marketing no KaBuM!, o maior e-commerce de eletrônicos da América Latina… Trabalhei no Pag! e na Wine.com.br, sem contar as inúmeras agências que dei consultoria ao longo do tempo.

Nessas empresas eu desenvolvi muitas técnicas básicas e avançadas que dão muitos resultados e estou disposto a passar todo o conhecimento.

Gostou do Conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Responses

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *